As pessoas chinesas tem sabido dar nós com cordas desde que começaram a amarrar peles de animais em seus corpos para se protegerem do frio por milhares de anos. Com o avanço da civilização, as pessoas chinesas usaram laços para mais do que firmar e embrulhar. Os nós também eram usados para registrar eventos, e alguns laços tinham funções puramente ornamentais. Em 1980, alguns conhecedores dedicados colecionaram e arranjaram os laços decorativos contudo práticos que foram utilizados por séculos na China. Depois de estudar as estruturas destes laços, os devotos decidiram em criar novas variações e aumentar o valor decorativo destes laços. Estes laços perfeitamente simétricos que apareceram em muitas formas são tão profundas quanto as grandes heranças culturais das pessoas chinesas. Os laços foram então chamados coletivamente de Macrame chinês.

“Um fênix faz sua aparência”– cópia de um padrão de fênix de uma pintura da Dinastia Han.

Nó ChinêsO Macrame Chinês é baseado em uma dúzia de laços básicos que são nomeados de acordo com suas formas distintivas, usos ou origens. O Laço de Duas Moedas, por exemplo, é assim chamado porque é moldado como duas moedas sobrepostas do tipo uma vez usada na China antiga. O Laço de Botão pode funcionar de fato como um botão, e o Laço de Suástica Invertido é derivado do símbolo budista que era comumente visto nas fitas penduradas abaixo do cintura da Deusa Budista da Clemência. Semelhantemente, a forma básica do Laço Pan-ch’ang Laço, que é de fato uma série de laços contínuos, simboliza a concepção budista de continuidade e a origem de todas as coisas. Realmente, o Laço Pan-ch’ang é o laço primário do Macrame Chinês em qual um número infinito de variações podem ser feitas.

O Macrame Chinês, como a caligrafia chinesa, pintura, escultura, porcelana e até mesmo a culinária chinesa, é facilmente reconhecida para Sinófilos. Isto é porque as estruturas básicas do Macrame Chinês diferem em muito do Macrame Ocidental ou Japonês em forma e função.

Nó ChinêsOs laços do Macrame Chinês são bastante firmes. Eles não se desfazem facilmente quando usados para amarrar ou embrulha algo, assim, são muito práticos. Além disso, a complicada estrutura do Macrame Chinês permite todos os tipos de variações e aumenta seu valor decorativo. Quase todos os laços básicos do Macrame Chinês são simétricos em forma. Enquanto a demanda para simetria determinou certas limitações técnicas no desenho e criação de novos padrões e temas, a simetria é consistente com padrões ornamentais e honrados esteticamente na China. Visualmente, os desenhos simétricos são mais facilmente aceitos e apreciados pelo povo chinês.

Com exceção do Laço de Duas Moedas, o Macrame Chinês é tridimensional em sua estrutura. Consiste de duas superfícies que são amarradas para deixar um centro oco. Tal estrutura empresta rigidez ao trabalho como um todo e mantém sua forma quando pendurada na parede. O centro oco permite a adição de pedras preciosas.

Nó ChinêsA arte do Macrame Chinês é um processo de três passos de amarrar laços, apertá-los e adicionar toques finais. Os métodos de amarrar os laços são fixos, mas o aperto pode determinar o grau de tensão em um laço, a duração de qualquer laçada (chamada de ” orelhas ” em chinês) e a suavidade e ordem de linhas. Assim, o quanto um pedaço de Macrame Chinês foi apertado pode demonstrar a habilidade e o mérito artístico de um artista de Macrame. Terminar um laço significa embutir pérolas ou outras pedras preciosas, engomando o laço em certos padrões ou somando qualquer outro toque final.

Nó ChinêsDesde os tempos antigos, o Macrame Chinês tem decorado tanto as instalações de corredores de palácios como os utensílios diários das casas da zona rural. O Macrame Chinês também apareceu em pinturas, esculturas e outras peças de arte popular. Por exemplo, o Macrame Chinês foi usado para decorar as cadeiras usadas pelo imperador e imperatriz, os cantos das sedans, as extremidades dos guarda-sóis, as fitas presas nos cós dos vestidos das senhoras, como também todos os tipos de selos, espelhos, bolsas, sachês, estojos de óculos, leques e rosários budistas.

Tradicionais objetos feitos a mão estão florescendo sob a estabilidade e prosperidade de Taiwan moderno. Com o apoio do governo e de cidadãos dedicados na República da China, a popularidade universal do Macrame Chinês ultrapassou a das eras antigas. As infinitas variações e elegantes padrões de Macrame Chinês, assim como a multidão de diferentes materiais que podem ser usados (algodão, linho, seda, fibra sintética, couro e metais preciosos como ouro e prata, para nomear alguns) ampliou as funções e aumentou as aplicações do Macrame Chinês. Jóias, roupas, embrulhos para presentes e mobília podem ser destacadas com criações de Macrame chinês sem igual.

Largos nós de paredes feitos de Macrame Chinês possuem o mesmo valor decorativo como a das melhores pinturas ou fotografias e são perfeitamente usados para decorar uma sala de estar ou estudo.

Nó ChinêsO Macrame Chinês, com sua elegância clássica e constantes variações é tanto prático como ornamental e reflete completamente a graça e a profundidade da cultura chinesa.

Semelhança da Deusa Fei-tien – modelada após uma boa pintura nas Cavernas de Tunhuang.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s