Teatro de Kabuki

Kabuki é uma das formas mais representativas das artes teatrais japonesas. Seu inicio remonta a ultima parte do século dezesseis e graças a uma evolução contínua e extensiva foi aperfeiçoado até atingir o atual estado de refinamento clássico. Embora não desfrute do mesmo esplendor de antanho, o teatro Kabuki goza de uma ampla popularidade no seio do povo, atraindo, ainda nos dias de hoje, um grande auditório.

Durante o período geralmente chamado de Era Yedo, no curso do qual teve lugar o desenvolvimento do Kabuki, foi observada mais rigidamente a distinção entre casta guerreira e a plebe do que nos noutros tempos da historia japonesa. A arte do Kabuki foi cultivada principalmente pelos mercadores daquela época. Estes se haviam tornado, cada vez mais fortes sob o ponto de vista econômico, mas tiveram de continuar em situação de inferioridade social porque pertenciam à classe plebéia. Para eles, Kabuki foi, quiçá, significante como meio artístico para manifestar suas emoções sujeitas a tais condições. Assim, os temas fundamentais do teatro Kabuki são conflitos entre a humanidade e o sistema feudal. Graças principalmente a esta qualidade humanística, obteve o teatro em questão uma popularidade tão duradoura no seio do publico em geral daquela época e assim permanece até hoje.
O sentido etimológico da palavra “Kabuki” é “oblíquo”. Posteriormente, chegou a ser usada para indicar qualquer inclinação acentuada para certos gostos. O que se conhecia como drama Kabuki era sua forma mais antiga, uma espécie de drama ligeiro em que os principais personagens eram cantores e dançarinas.

Para a época tal fato constituía um notável empreendimento, com sua arrojada representação e suas danças enfaticamente sensuais. Daí, o público lhe ter dado o nome de dança Kabuki, em seu sentido original “Excêntrico”, desempenhou um papel essencial como uma sub-corrente sempre influente através do desenvolvimento da arte dramática do Kabuki.
A única característica da arte Kabuki, e talvez a mais significativa na conservação do invulgar espírito Kabuki é o fato de que não utiliza, absolutamente, qualquer atriz. Todos os papéis femininos são representados por elementos masculinos conhecidos como “onnagata”. Como foi mencionado acima, os atores do drama Kabuki, em seu estado primitivo, eram principalmente mulheres, e a maioria dos espectadores naquela época estava realmente mais interessada na beleza das atrizes do que nas suas representações no palco. Com a crescente popularidade do Kabuki, muitas das atrizes começaram a despertar atenção indevida dos admiradores masculinos. As autoridades compreenderam que tal situação acabaria com uma séria desmoralização do público e em 1629 foi oficialmente proibida a apresentação de mulheres em palcos teatrais.

Anúncios

10 comentários em “Teatro de Kabuki

  1. Ola eu me chamo Stefany
    gostei muito de passar por aqui
    gostei muito do trabalhos de
    vocês …….

    ééééé muito legal passar por aqi
    adorrei muito…….

    Gostei do desenho …
    Das palavras…..
    Frases que me marcou muito
    adorrei muito mais muito mesmo

    AmOoooo

    muito esse trabalhos de vocês

    By: Stefany

    ou By: Têhh…

    xauginho bjOOooos ate logo

  2. Oiiie gente

    bom vcs poderia colokar as ftu das maskara kabuki
    se colokasem eu agradesseria
    mais msm assim eu adorei
    muito bom msm

    bjOs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s